CANTASOL - Forma de produção, comercialização e geração de renda para pequenos produtores rurais

Angela Ester Mallmann Centenaro

Resumen


Este trabalho apresenta o projeto CANTASOL, que utiliza de uma plataforma eletrônica para comercializar a produção dos moradores do assentamento 12 de Outubro, localizado no município de Cláudia – MT. Estuda-se as mudanças socioeconômicas ocorridas no assentamento após a sua implantação, através do projeto na comunidade, o incremento na geração de renda, pois também percebe-se que após a implantação do projeto nasceram outros coletivos de produção e comercialização. Para dar base a revisão teórica, são discutidos os conceitos de economia, os fatores de produção (terra, capital e trabalho), a questão da reforma agrária e agricultura familiar, o modo de produção e comercialização capitalista, economia solidária como uma nova forma de produção e comercialização, a posição dos autores clássicos sobre a teoria da renda. Na metodologia realizada aplicação de questionário misto com questões abertas e fechadas. Essa pesquisa foi realizada para responder à questão: Após a implantação do subprojeto CANTASOL, visando uma nova forma de produção e comercialização, quais as mudanças na geração de renda percebidas pelos assentados do Assentamento 12 de Outubro do município de Cláudia-MT? Segundo o questionário houve mudança nas condições educacionais e na renda dos moradores.

http://id.caicyt.gov.ar/ark:/s25251635/1pgr8dgq2


Palabras clave


Assentamento; CANTASOL; Economia Solidária; Renda.

Citas


Andreola, B. A. (2011). Por uma Pedagogia das Grandes Urgências Planetárias. Revista Educação 36 (2).

Arquivo Edgard Leuenroth (1984). Industrialização: fontes para pesquisa em industrialização no Brasil (1889-1945). Coordenado por Déa Ribeiro Fenelon. Campinas: IFCH (Projeto FINEP/HISTÓRIA).

Borin, A. L. S. (2011). A “nova” senzala é logo ali: ao lado da “Capital do agronegócio”; lá nos fundos dos canaviais sertanezinos. Dissertação (Mestrado em Serviço Social). Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.

Camacho, R. S. (2015). O Agronegócio Latifundiário versus a Agricultura Cmponesa: a luta política e pedagógica do campesinato. http://www.geografia.fflch.usp.br/inferior/laboratorios/agraria/Anais%20XIXENGA/artigos/Camacho_RS.

Carvalho, J. (Coord.) (1999). São Rafael: memória de uma cidade submersa. Natal: EDUFRN.

Costa, L.S. (2009). O Cooperativismo: uma breve reflexão teórica. http://www.unioeste.br/campi/cascavel/ccsa/VIseminario/Artigos% 20apresentados%20.

Francio, N. (2011). Solidariedade, Trabalho e Renda: um estudo no assentamento Wesley Manoel dos Santos http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/4262 > Acessado em 15 de novembro de 2015.

Granovetter, M. (1985), Economic Action and Social Structure: The Problem of Embeddedness, The American Journal of Sociology, 91(3), 481-510.

IICA Brasil. http://www.iicabr.iica.org.br/produtos_tecnicos/osassentamentos-rurais-no-estado-de-mato-grosso

INCRA – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (2015) http://www.incra.gov.br/assentamento.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2000). http://www.ibge.gov.br/censo

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) > http://www.ipea.gov.br/ participacao/conselhos/142-conselho-nacional-de-economia-solidaria/278conselho-nacional-de-economia-solidaria.

Instituto Souza Cruz (s/f). http://www.institutosouzacruz.org.br/groupms/sites/INS_8BFK5Y.nsf/vwPagesWebLive/DO8KMJ7B?opendocument.

Izidoro, L.T.; Silva, M.E.S. e Barone, L.A. (2008). A participação de mulheres assentadas no paa: o caso de presidente Venceslau/SP http://www.uniara.com.br/legado/nupedor/ nupedor_2014/Trabalhos.pdf.

Kochhann, M.E.R. e Breda, A.M.R.D. (2015). Observatório da Educação: descrevendo as produções de conhecimento na relação universidade-escola. Eventos Pedagógicos 6 (1).

Kuster, A. et al. (2004). Agricultura Familiar, Agroecologia e Mercado no Norte e Nordeste do Brasil. Fortaleza.

Lechat, N.M.P.(2001). As Raízes Históricas da Economia Solidária e seu Aparecimento no Brasil. http://base.socioeco.org/docs/raizes_histor.pdf.

MDA (2015). http://www.incra.gov.br/reformaagrariahistoria

Singer, P. (2003). Economia Solidária. http://www.uff.br/incubadoraecosol/docs/ecosolv1.pdf

Smith, A. (1996). A Riqueza das Nações: investigação sobre sua natureza e suas causas. Trad. Luiz João Baraúna. São Paulo: Nova Cultural.

Stedile, J.P. (2005). A Questão Agrária no Brasil: o debate tradicional 1500 – 1960. São Paulo: Expressão Popular.

Thiollent, M. (2008). Metodologia da Pesquisa-Ação. São Paulo: Cortez.


Texto completo: PDF XML

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Revista Latinoamericana de Estudios Rurales ISSN: 2525-1635

Licencia Creative Commons