A produção de leite na microrregião de Imperatriz/MA e as possibilidades de inserção do campesinato en atividades mercantis

Jonatha Farias Carneiro

Resumen


Este artigo aborda o problema da inserção da agricultura camponesa em atividades mercantis a partir da análise do desempenho dos produtores de leite da microrregião de imperatriz, estado do maranhão, na cadeia de produção do setor lácteo local. Faremos uma descrição a respeito das características gerais da produção leiteira da microrregião de Imperatriz, as peculiaridades da cadeia produtiva, das unidades camponesas de produção e suas formas de inserção nos mercados locais. A metodologia empregada envolveu diferentes técnicas e fontes. Por um lado foram feitas análises de dados quantitativos a respeito da produção leiteira da microrregião de Imperatriz a partir do banco de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Estas informações permitiram obter um panorama geral da situação da produção leiteira regional e da participação da agricultura camponesa nessa cadeia produtiva. Em segundo lugar, foram feitas análises de informações qualitativas obtidas através de entrevistas e observação direta junto aos camponeses produtores de leite da região em estudo. Estas informações, por sua vez, nos permitiram conhecer as condições materiais em que se desenvolvem as atividades ligadas a pecuária de leite e os diversos canais de comercialização através dos quais a produção leiteira camponesa se reproduz.

 

ark:/s25251635/c586pfblj


Palabras clave


Agricultura camponesa; Microrregião de imperatriz; Mercados alimentares; Cadeia produtiva; Pecuária de leite.

Texto completo: PDF XML

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Revista Latinoamericana de Estudios Rurales ISSN: 2525-1635

Licencia Creative Commons