Deliveroo, uma Irlanda Brasileira

Leandro Moreira de Oliveira

Resumen


O presente ensaio é parte integrante do resultado de uma pesquisa de campo em desenvolvimento com a comunidade dos entregadores brasileiros de aplicativo de comida, os autodenominados “Deliveroos” em Dublin, capital da Irlanda. Buscou-se construir um horizonte imagético competente para apresentar um vislumbre do cotidiano da prática do espaço exercida por esses sujeitos, na qual se apropriam e são apropriados pela cidade criando a noção difundida no grupo de “uma Irlanda Brasileira”.

 

ark:/s25912755/mwx7qma82


Palabras clave


Irlanda; Deliveroo; Espaço; Paisagem Urbana

Citas


Antunes, R. (2018). O privilégio da servidão: O novo proletariado de serviços na era digital. São Paulo: Boitempo.

Antunes, R.; Filgueiras, V. (2020). Plataformas digitais, Uberização do trabalho e regulação no Capitalismo contemporâneo. Contracampo 39 (1), 27-43.

Certeau, M. (2008). A invenção do cotidiano: 1. Artes de fazer. Tradução de Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis: Vozes.

Ingold, T. (2000). The perception of the environment: Essays on livelihood, dwelling and skill. Londres: Routledge.

Peixoto, C. E. (2019). Antropologia & Imagens: O que há de particular na Antropologia Visual Brasileira? Cadernos de Arte e Antropologia 8 (1), 131-146.


Texto completo: PDF

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Revista Latinoamericana de Antropología del Trabajo ISSN 2591-2755

Licencia Creative Commons
Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional